Bem vindo(a) ao meu Blog!



Aqui que você terá acesso a alguns artigos e pesquisas livres que realizei durante meus 15 anos como psicólogo. Possuo bacharelado e licenciatura em Psicologia e especialização em acupuntura e neuropsicologia, com experiência em atendimento clínico e hospitalar. 

Atualmente sou diretor do Instituto Órion de Psicologia e Desenvolvimento Humano e também realizo atendimentos na Associação dos Funcionários da Universidade de Brasília (ASFUB/UnB) e no Instituto Médico Seraphis.Minha abordagem clínica segue a linha Junguiana, porém, como estudioso incansável, acredito que todas as abordagens possuem técnicas válidas, conforme a necessidade do paciente. Ou seja, acredito que um clínico não pode deixar de considerar, em sua entrevista inicial, por exemplo,  os aspectos biológicos e genéticos do seu paciente, assim como o seu histórico de vida e o meio ao qual teve suas primeiras influências de vida e as crenças (idéias, convicções) vigentes na dinâmica familiar, etc. Depois de muitos anos de prática clínica, a tendência é que todos os fatores sejam contemplados em uma boa avaliação. E um bom diagnóstico é imprenscindível para um bom prognóstico (tratamento). 

Um dos grandes "mitos" colocados na psicologia é que o psicólogo deve adotar apenas uma abordagem e desconsiderar as restantes. Porém, muitos psicólogos na atualidade já vem questionando este posicionamento - apesar de particularmente sempre ter pensado diferente-, e cada vez mais a visão global do ser humano volta a ser considerada. Isso não implica perda de foco e objetividade no tratamento, mas uma visão ampla e a possibilidade de dar ao paciente o que lhe é mais apropriado em seu momento. 



Alberto Maury



Contatos: institutoriondf@gmail.com